User Entrer Design – seis mA�todos para tornar seu Website melhor para estes UsuA?rios

O design centrado pelo usuA?rio (UCD) A� uma abordagem de projeto que coloca os usuA?rios pretendidos de 1 site pelo centro do seu design e desenvolvimento. Ele permite isso falando diretamente com o usuA?rio em pontos-chave do projeto para garantir que o site atenda aos requisitos.

As etapas sA?o criarsitepro.com.br executadas de forma iterativa, com o ciclo sendo repetido atA� mesmo que os objetivos por usabilidade do projeto sejam atingidos. Isso torna crA�tico que os participantes desses mA�todos reflitam com precisA?o o perfil de seus usuA?rios reais.

Grupos de foco

O que eles sA?o? 1 grupo de foco envolve incentivar um grupo convidado de utilizadores reais / pretendidos do um site (isto A�, participantes) a compartilhar seus pensamentos, sentimentos, atitudes e idA�ias sobre um determinado assunto.

Organizar grupos do foco dentro de uma organizaA�A?o igualmente pode ser muito eficaz para conseguir a adesA?o a um projeto do dentro dessa empresa.

Quando usar Grupos de foco sA?o usados com muito mais frequA?ncia como uma saA�da para este design. Eles geralmente geram dados nA?o-estatA�sticos e sA?o um bom meio de obter informaA�A�es sobre 1 domA�nio (por exemplo, o que as tarefas das pessoas envolvem).

Problemas A� especialmente nexium 20 mg. necessA?rio deter um moderador e analista experiente para um grupo focal para ser eficaz.

Testando usabilidade

O que A� isso? As sessA�es de teste de usabilidade avaliam 1 site coletando dados das pessoas A� medida que elas sA?o usadas. Uma pessoa foi convidada a participar de uma sessA?o na qual serA? solicitada a realizaA�A?o de uma sA�rie por tarefas enquanto um moderador toma nota de quaisquer dificuldades que encontrar.

Estes usuA?rios podem ser solicitados a atravessar o protocolo de analisar em voz alta, de que lhes pede para verbalizar o que estA?o fazendo e por que estA?o fazendo isso.

VocA? tambA�m pode cronometrar os usuA?rios para ver quanto tempo leva para concluir as tarefas, este que A� uma boa medida do eficiA?ncia (embora vocA? deva ter em mente de que usar este protocolo ‘pensar em voz alta’ diminuirA? consideravelmente os usuA?rios).

O tempo de dois especialistas A� usualmente exigido por sessA?o – um para moderar, 1 para notar problemas.

Quando usar Este teste por usabilidade tA?m a possibilidade de ser utilizado como uma entrada para design ou no final de 1 projeto. Ele representa uma maneira excelente de testemunhar quais sA?o os problemas de usabilidade mais provA?veis de 1 site.

Este teste de usabilidade pode ser utilizado para ocasionar dados nA?o estatA�sticos ou estatA�sticos.

Problemas

O teste por usabilidade requer que alguma forma por design esteja disponA�vel para teste – mesmo de que seja somente no papel. O questionA?rio funciona melhor se concentrar na coleta do feedback nA?o estatA�stico a respeito de um projeto por meio de “falar em voz alta” ou de medidas estatA�sticas.

CartA?o de classificaA�A?o

O que A� isso? A classificaA�A?o de cartA�es A� um mA�todo para sugerir estruturas / categorias intuitivas. Um participante A� especialmente apresentado com um pacote nA?o classificado de cartA�es de A�ndice. Cada cartA?o tem uma declaraA�A?o escrita relacionada a uma pA?gina do sitio.

O participante A� solicitado a classificar esses cartA�es em grupos e, em seguida, nomear esses grupos. Os resultados de muitos tipos individuais sA?o entA?o combinados e analisados estatisticamente.

Quando utilizar A classificaA�A?o de cartA�es geralmente foi usada como entrada para o design. A� uma excelente forma de sugerir boas categorias para o conteA?do do um sitio e derivar sua arquitetura de informaA�A�es.

A classificaA�A?o de cartA�es pode ser usada para gerar dados estatA�sticos.

Problemas Proporcionar aos participantes 1 teste em alguns cartA�es fA?ceis (por exemplo, esportes, animais, etc. ) pode vir a tranquilizar a respeito de o que eles devem fazer e resultar em uma sessA?o mais produtiva.

Design participativo

O que A� isso? O design participativo nA?o apenas questiona os utilizadores sobre questA�es de design, mas estes envolve ativamente nos processos de design e consumida de decisA?o.

Quando utilizar O design participativo A� geralmente utilizado em um miniprojeto para gerar protA?tipos que alimentam o processo de design geral por um projeto.

Um exemplo seria um workshop do design participativo em de que desenvolvedores, designers e utilizadores trabalhem juntos para projetar um protA?tipo inicial. Esse protA?tipo inicial alimentaria 1 processo por design muito mais tradicional.

Projetos que utilizam apenas design participativo sA?o muito raros.

Problemas As sessA�es por design participativo podem ser muito fluidas e pedem um moderador experiente usando conhecimento profundo do domA�nio para orientA?-las.

QuestionA?rios

O que eles sA?o? Os questionA?rios sA?o um meio de perguntar aos usuA?rios por suas respostas a um conjunto prA�-definido do perguntas e sA?o uma boa forma de entregar dados estatA�sticos.

Quando usar QuestionA?rios sA?o geralmente empregados quando uma equipe por projeto:

SA? pode obter acesso remoto aos utilizadores de um site Estacionaestaficafixa jazepararpermanecequeda buscando um tamanho do amostra maior do que tA?m a possibilidade de ser alcanA�ado realisticamente por meio do contato direto A� por esta razA?o que estes questionA?rios sA?o geralmente administrados por meios postais ou eletrA?nicos.

Problemas Os questionA?rios permitem a anA?lise estatA�stica dos fins, o talvez possa aumentar a credibilidade de um estudo atravA�s de sua face cientA�fica. Isso torna sobretudo importante que o questionA?rio seja natural elaborado e faA�a perguntas nA?o tendenciosas.

Entrevistas

O que eles sA?o? Uma entrevista geralmente envolve um entrevistador falando com 1 participante por cada vez.

As vantagens do uma entrevista sA?o que o ponto de vista A?nico do um participante pode ser explorado em detalhes. TambA�m A� este caso que qualquer mal-entendido entre este entrevistador e o participante provavelmente serA? rapidamente identificado e tratado.

O resultado de uma entrevista foi quase apenas nA?o estatA�stico – A� fundamental que os relatos de entrevistas sejam cuidadosamente analisados por profissionais experientes.

Quando usar As entrevistas geralmente sA?o empregadas pelo inA�cio do processo de design para obter uma compreensA?o ainda mais detalhada do um domA�nio / superfA�cie de atividade ou requisitos especA�ficos.

Problemas Entrevistar coloca um prA?mio alto na experiA?ncia e habilidade do entrevistador e analista.

ConclusA?o

Esta foi uma introduA�A?o aos importantes mA�todos do design centrados no usuA?rio. A� vital lembrar de que, embora cada um possa ser excessivamente valioso, usA?-los da maneira correta, pelos motivos certos e pelo momento fixo, A� saliente.

Exatamente qual mA�todo usar e quando e saiba como usA?-lo serA? diferente de projeto para projeto.